Edição # 77 – Março de 2014 / Adar II, 5774

 Mensagem de Purim

A festa de Purim, que será comemorada no próximo dia 16 de março – 14 de Adar II, talvez seja a data do calendário anual dos chaguim que tem maior semelhança com o judaísmo progressista.

Afinal de contas, a história relatada na Meguilat Ester mostra como os judeus que viviam na antiga Pérsia se adaptavam à situação daquele momento e como se integravam à vida da sociedade local, sem abandonar os valores e tradições do judaísmo.

E justamente esta é uma das principais características – e porque não dizer diferenciais positivos – do judaísmo progressista: podemos manter viva a chama do judaísmo, mesmo vivendo no mundo contemporâneo. Por que não nos integrarmos à vida social, política, cultural, ... do pais, da cidade, do bairro onde vivemos?

E mais do que isso: se houver alguma ameaça às comunidades judaicas, como aconteceu na história de Purim, vamos nos unir para combater aqueles que desejam o nosso mal.

Nesta edição da WUPJ Latin America temos dois bons exemplos. Um deles diz respeito à integração com a sociedade maior, ou seja, o diálogo inter-religioso. A notícia fala sobre uma comitiva de judeus, cristãos e muçulmanos da Argentina que foram ao Oriente Médio e ao Vaticano.

Outra informação é sobre uma iniciativa da WUPJ Internacional para prestar auxílio à comunidade judaica da Ucrânia, país que passa por uma grave crise política, à beira de uma possível guerra, com manifestações antissemitas e ataques às sinagogas.

E assim é o judaísmo progressista, unindo a tradição da festa de Purim aos nossos dias.

Chag Sameach!


 Diálogo Inter-religioso ganha força na Argentina




O rabino Sergio Bergman, da Fundación Judaica e representando a Câmara dos Deputados da Argentina, fez parte de uma delegação de mais de 40 argentinos, incluindo judeus, católicos e muçulmanos que visitou Israel, a Autoridade Nacional Palestina, Jordânia e o Vaticano.

O grupo foi recebido pelos presidentes da ANP, Mahmoud Abbas, e de Israel, Shimon Peres; pelo rei Abdullah, em Amã, e pelo papa Francisco.

O principal objetivo da missão foi mostrar uma mensagem de otimismo e de que é possível ter boas relações entre as religiões, como acontece na sociedade argentina.

"É uma viagem feita a partir da cultura da união, que promove a paz para o Oriente Médio e nos compromete a realizar-lá também aqui na Argentina também, dada a incerteza do nosso país", afirmou Bergman.

No encontro realizado no Vaticano, ainda foram abordados assuntos relacionados à próxima visita do papa Francisco à Argentina, prevista para 2016, por ocasião dos 200 anos da independência de seu país natal.

 Uma experiência única para jovens adultos

O movimento juvenil TaMaR Olami, braço da WUPJ que organiza atividades para jovens adultos, realiza sua conferência mundial entre os dias 2 e 7 de junho, em Jerusalém, Israel. Os participantes poderão conhecer Israel de uma maneira diferente, participar de seminários e oficinas e transmitir os novos conhecimentos às suas comunidades de origem.

Anabella Esperanza, coordenadora para os países de língua espanhola e portuguesa, está participando da elaboração do programa, para assegurar uma rica experiência aos jovens da América Latina.

Devem participar do encontro pessoas de mais de 20 países, incluindo Austrália, África do Sul, Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Panamá, EUA, Grã-Bretanha, Espanha, França, Alemanha, Itália, República Checa, Polónia, Hungria, Rússia, Bielorrússia, Ucrânia e Israel.

Mais informações na página do Facebook ou pelo e-mail anabella.netzer@wupj.org.il.





 Dia Internacional da Mulher




Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, 8 de março, Anat Hofmann, líder das Mulheres do Kotel- Woman of the Wall/WOW, recebeu o prêmio WIZO Jerusalém, em Israel, por seu incansável trabalho na luta há 25 anos pelo direito igualitário.

 WUPJ faz campanha para ajudar comunidade na Ucrânia


A WUPJ International iniciou uma campanha de emergência para apoiar as comundiades afiliadas na Ucrânia, país que passa por uma grave crise política. O objetivo é arrecadar recursos financeiros para fornecer equipamentos de segurança e suprimentos para as comunidades.

Mais informaçoes de como contribuir estão disponíveis no link, apenas para a América do Norte. Para fazer doações a partir de outras regiões, entre em contato com a WUPJ local. Na América Latina, envie um e-mail para contato@wupj-latinamerica.org.

A WUPJ também divulgou uma nota sobre o assunto, assinada por Mike Grabiner, Chairman; Anne Molloy, Chair do WUPJ FSU Committee; e Alex Kagan, director do WUPJ FSU Program.

No texto, eles citam o lamentável episódio da sinagoga da comunidade Kerch, afiliada à WUPJ, na cidade de Simferopol, na peninsula da Crimeia, que foi pichada com slogans antissemitas e teve partes do seu prédio danificadas.


 POA2014



 Devarim



 Connections 2015



 Perguntas e respostas do judaísmo progressista


O judaísmo progressista constitui um "rompimento" com o judaísmo histórico?

Pelo contrário. Nosso movimento religioso é produto de 35 séculos de evolução e desenvolvimento histórico.
A Bíblia, a Mishná, o Talmud, o Midrash e todas as demais grandes expressões literárias do espírito judaico constituem fontes inesgotáveis de sabedoria, às quais nos voltamos constantemente em busca de orientação e inspiração. Acreditamos que o judaísmo foi "progressista" desde suas origens.

Em face da perseguição e do tratamento de "párias" conferido aos judeus (tanto na Europa quanto em alguns países islâmicos) a sobrevivência tornou-se uma questão de agarrar-se firmemente àquilo que restava.
A confinação em guetos, tanto espirituais quanto físicos, gerou uma profunda e justificável desconfiança em relação ao mundo externo. Em consequência, o dinamismo e o desenvolvimento que haviam sido a principal característica do judaísmo foram severamente mutilados.

O judaísmo progressista constitui uma expressão religiosa dos judeus modernos que desejam que seu Judaísmo seja relevante. Consideramos que existem valores positivos na cultura moderna que o judaísmo deve absorver.




World Union for Progressive Judaism - Latin America
http://www.wupj-latinamerica.org
contato@wupj-latinamerica.org