Edição # 72 - Agosto de 2013 / Elul 5773

 Shana Tova


 A difícil acomodação entre religião e estado em Israel

Encontro com alunos do Shildrug da CIP

O diretor executivo do Israel Movement for Progressive Judaism, rabino Gilad Kariv, participou de diversos encontros com lideranças e jovens durante a visita que realizou à América Latina no início de agosto. A viagem foi organizada pela World Union for Progressive Judaism, com o apoio de suas afiliadas Congregação Israelita Paulista (CIP), em São Paulo; Associação Religiosa Israelita (ARI), no Rio de Janeiro; Sociedade Israelita Brasileira de Cultura e Beneficência (Sibra), em Porto Alegre; e Fundación Judaica, em Buenos Aires.

Kariv abordou diversos temas relacionados à vida cotidiana em Israel, com atenção especial ao reconhecimento do judaísmo progressista por parte do governo. "Infelizmente, de modo muito estranho, Israel é a única democracia do mundo que inibe a liberdade religiosa dos próprios judeus. Não existe nenhuma outra democracia no mundo que interfere de maneira tão dramática nas escolhas religiosas dos cidadãos judeus. Se estamos realmente preocupados com a continuidade do judaísmo, com o judaísmo no Brasil e em outras partes do mundo, não podemos ignorar o que está acontecendo em Israel com relação aos cidadãos judeus. O pluralismo judaico é uma necessidade hoje. É a única maneira de se manter a religião coexistindo com os valores democráticos defendidos pelos filósofos sionistas, até mesmo pelos ortodoxos sionistas", afirmou.


Encontro com representantes da Fundación Judaica


(E-D) Prof. Joshua Holo, Rabino Ruben Sternschein, Rabino Gilad Kariv


Encontro com jovens da CIP


(E-D) Roberto Ochman, Ricardo Silveira, Rabino Guershon Kwasniewski, Rabino Gilad Kariv

Agenda cheia


• No Rio de Janeiro, Kariv se reuniu com lideranças da comunidade judaica local e passou por todas as escolas judaicas para conversar com alunos desde o jardim de infância até o Ensino Médio. Participou do serviço de Cabalat Shabat e reuniu-se com jovens da ARI – Associação Religiosa Israelita.

• Na Argentina, acompanhou a vitória no comitê de campanha do rabino Sergio Bergman, da Fundación Judaica, a vitória nas eleições primárias de Buenos Aires, na busca por uma vaga inédita para um representante religioso da comunidade judaica no parlamento argentino.

Ainda na capital argentina, Kariv participou de um encontro interreligioso e teve compromissos com líderes, educadores, jovens e demais ativistas de diversas entidades, como a própria Fundación Judaica, a Escola Comunitária Arlene Fern, AMIA, Mishkan, Judaica Norte, Gran Templo de Paso, Javurá e IDEL.

• Em Porto Alegre, recepcionado pelos dirigentes e Rabino Guershon Kwasniewski da SIBRA, além de eventos com a comunidade judaica, foi ao estádio do Grêmio para acompanhar de perto a vitória dos donos da casa.

• Em São Paulo, esteve nos serviços religiosos da CIP e da Comunidade Beth-El, teve encontros com jovens e participou de um debate com o professor Joshua Holo, decano do Hebrew Union College em Los Angeles (leia abaixo).


O rabino também concedeu entrevistas aos jornais O Globo e Zero Hora.



Encontro com jovens da ARI


Encontro com representantes da Mishkan

 A importância da educação judaica liberal
O professor Joshua Holo, decano do Hebrew Union College (HUC) de Los Angeles (EUA), esteve em São Paulo a convite da WUPJ e da Congregação Israelita Paulista para participar de uma série de atividades que tiveram a educação judaica como tema principal.

Holo participou de um painel com o rabino Gilad Kariv (leia acima), com o tema "Qual a importância do Judaísmo Liberal para Israel, a diáspora e o mundo?". Outro compromisso do acadêmico foi um descontraído bate-papo com cerca de 30 jovens da CIP, quando discutiram diversos assuntos, enfatizando que a história ensina que o Judaísmo Liberal dos dias atuais é a opção majoritária e, portanto, válida dentro de comunidades que costumavam atribuir apenas à ortodoxia o sentido de autenticidade da prática religiosa. Holo ainda participou de encontros com dirigentes da área de educação, educadores, jovens líderes e membros da comunidade para falar sobre projetos educacionais, sua experiência nos EUA e, especialmente, a função de uma educação judaica consistente na legitimação do Judaísmo Liberal, proporcionando o envolvimento de futuras gerações com a religião.

Mesa Redonda com Rabino Gilad Kariv


Shiur com jovens adultos da CIP

 Mifgash: Encontro de jovens judeus latino-americanos
RESERVE A DATA: 1 a 3 DE NOVEMBRO de 2013
Para quem?
Para todos os jovens judeus Latino-americanos,
entre 20 e 35 anos.

Para que?
Para desfrutar de uma reunião única. Uma viagem através do tempo, para convergir em nosso passado, presente e futuro como judeus latino-americanos. Para aprofundar as nossas fontes, compartilhar experiências profundas e significativas, imersos na beleza da natureza.

Por quê?
Tikun olam, devolvendo um pouco do amor para os habitantes destas terras que deram abrigo e paz para
nossos bisavôs, que tiveram que fugir da morte, realidade semelhante em todos os países da América Latina.

Onde?
Na Colônia Avigdor, província de Entre Rios Argentina www.avigdor.com.ar, uma das últimas colônias de imigrantes judeus alemães, em uma casa de campo, do complexo da Fundación Judaica. Teremos a possibilidade de desfrutar de um Shabat único, fazer Tfila na Sinagoga construída pelos imigrantes, ler a Torá que eles mesmos leram e conectarmo-nos com nossas raízes.
Quando?
Dias 1, 2 e 3 de novembro de 2013.

Quanto?
US$100.

O que inclui?
Traslados, visitas, alimentação, alojamento e materiais educacionais.

Quem organiza?
Fundación Judaica argentina www.judaica.org.ar, e TaMaR, o movimento de jovens-adultos da World Union for Progressive Judaism (WUPJ).

Como?
Para mais informações contatar:

Rabina Karina Finkielsztein, da Fundación Judaica, no mail: karinafinkielsztein@judaica.org.ar

Anabella Esperanza, coordenadora do TaMaR para os países de língua española e portuguesa: anabella.netzer@wupj.org.il.


 Devarim



 Comunidade chilena ganha apoio da WUPJ Latin America
A presidente da WUPJ Latin America, Miriam Vasserman, participou como convidada de um Cabalat Shabat na Comunidade Ruaj Ami, em Santiago. Neste link, você confere uma entrevista concedida por Miriam à mídia judaica local, enfatizando a importância do trabalho pela WUPJ realizado junto às pequenas comunidades judaicas.



1 - E – D Rabino Chaim Koritzinsky, Rabino Roberto Feldmann e sua filha Malka com Miriam Vasserman
2 - E – D Patty Thal, Susy Pitchon, Rabino Chaim Koritzinsky, Erika Wolff, Miriam Vasserman
3 - Miriam Vasserman com Victor Grimblatt (E) e Martin Hirsch
 Rabino Sergio Bergman conquista vitória na política Argentina

Rabino Bergman (à direita) com correligionários

O resultado das eleições primárias na Argentina, com posição de destaque para o partido Propuesta Republicana (PRO) na capital, Buenos Aires, colocou o rabino Sergio Bergman, da Fundación Judaica, perto de uma das vagas na Câmara baixa do parlamento local. Como um dos líderes da oposição ao governo nacional de Cristina Kirchner, o rabino, que já faz parte do parlamento municipal da capital, deve ter sua eleição para o parlamento nacional confirmada na disputa decisiva que ocorre dia 27 de outubro, tornando-se assim o primeiro líder religioso da comunidade judaica a chegar a um posto tão alto na política argentina.
 Comunidade de Brasília recebe Sêfer Torá
Cerca de 130 pessoas prestigiaram em 8 de agosto a festa de recebimento da Torá na ACIB - Associação Cultural Israelita de Brasília.

O presidente da entidade, Peter Rembischevski, destacou a campanha de apenas 37 dias para aquisição do Sêfer Torá e lembrou, com emoção, que o idealizador da iniciativa foi Samuel Szerman (Z"L), presidente da ACIB falecido em 9 de julho de 2013.




Festa em Brasília ao redor da Torá.
Fotos: Natan Guterman e Camila Nebenzahl


 A histórica presença judaica no Brasil

Sinagoga Hahal Zur Israel, Recife, Brasil

A mídia brasileira – com ecos em veículos de comunicação internaiconal – destacou a descoberta de um esqueleto preservado durante o trabalho de arqueólogos na área da primeira sinagoga das Américas, em Recife, para construção de um túnel. Marcos Albuquerque, pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco, disse ao jornal O Globo, ter certeza de que o homem era judeu e teria sido enterrado no local em meados do século 16. Para ter mais detalhes, seria necessária a remoção de parte dos restos mortais, mas por respeito à tradição judaica, os arqueólogos deixaram o corpo intacto.

Link Video
 Memória
A WUPJ Latin America comunica com pesar o falecimento da morá Miriam Gerber (Z"L). Como educadora, ela foi uma das responsáveis pela formação da área de ensino da Congregação Israelita Paulista. Sempre vinculada ao movimento progressista, participou de inúmeras atividades e foi uma das representantes do Brasil, em 2011, no Seminário Bergman, curso de capacitação para educadores, organizado anualmente pela WUPJ em Israel.
Com David Leo Eisencraft 
 Anote na agenda












World Union for Progressive Judaism - Latin America
http://www.wupj-latinamerica.org
contato@wupj-latinamerica.org